6 de novembro de 2016

Em treinamento!

Dia 3 de agosto tudo começou. Neste dia iniciei meu treinamento de comissária de voo da Avianca. Os quase dois meses mais loucos, corridos e dedicados da minha vida. Éramos 30 colegas de turma, 20 para Base Rio de Janeiro e 10 para a Base Salvador.

Eu não frequentava aulas e uma sala de aula desde que havia concluído o curso de comissária, em agosto 2015. Estava empolgada e nervosa. Mesmo sendo Base RJ, o treinamento se deu ( para minha grande sorte) em São Paulo. Cheguei bem cedo no primeiro dia (como sempre) e reencontrei alguns colegas da seleção. Foi legal vê-los por lá, saber que tínhamos sido aprovados, que tínhamos passado por todo esse processo juntos. 

Mas, ao contrário do que eu esperava de mim mesma, estava muito tímida. Tímida para fazer amigos, para me soltar e interagir. Procurei logo um lugar na primeira/segunda fileira do canto e falei com algumas pessoas ao redor. Com a chegada dos instrutores do dia, e a necessidade de nos apresentarmos a todos... veio um certo medinho.

 Não entendi minha própria reação. Sempre fui tão extrovertida, sorridente; e senti um ardor nas bochechas enquanto pensava em como me dirigir a dois meus novos colegas. Essa parte não foi fácil para mim. Foi algo completamente novo que reconheci em meu perfil, mas gosto de falar e acho que sei me expressar e apesar do medo, me saí bem.


Éramos os mais diversos perfis. Altos, baixos, magros ou não, loiros, morenos, sem experiência na aviação, ou com muita experiência . Todos com muita vontade, um enorme carisma e querendo fazer a diferença pela companhia. Todos animados, nervosos, sorrindo até as orelhas! Desde o mais jovem, aos 19 anos, à mais velha do grupo, com 38; éramos todos novatos em Avianca. Todos animados para exercer essa profissão que escolhemos com tanto amor. 


O treinamento em si, as matérias, as provas e a cobrança foi realmente duro. Acordava todo dia antes das 5h30 da manhã para me preparar e retornava cansada mental e fisicamente quase as 19h, pensando em jantar e querendo estudar enquanto cozinhava (ok.. cozinhei bem pouco estes tempos. Não tinha ânimo pra isso... comia besteira que era mais fácil). Pensava toda noite antes de dormir que todo esse esforço valia a pena. Que tudo que eu estava sentindo, que toda essa loucura e estudos serviriam para que eu conseguisse ir além. O curso de comissária que fiz, apesar de ter me preparado, era muito diferente de tudo que estava vivendo agora. Agora a intensidade foi totalmente outra, a motivação também. Eu já estava dentro, só tinha que me manter por aqui. 

Fazer por merecer ter sido contratada.

[Continue reading...]
Designed By Yasmin Mello | 365 dias