Postagens

Mökki - o chalé

Imagem
Para celebrar um mês morando na Finlândia, nada como um fim de semana bem tradicional! Para me dar um pouco mais do gostinho do que é fazer parte desta nova cultura. Já há um tempo minha amiga Tarsila me falava do Mökki. Uma espécie de chalé que algumas famílias finlandesas tem no interior e que gostam de passar os fins de semana e feriados. A própria definição de mökki (cottage/chalé) é uma casinha modesta, normalmente no interior em uma área rural ou semi-rural onde a família/amigos se retiram para passar um tempo tranquilo e próximo da natureza.
O chalé deles fica afastado da cidade ( cidade de Vesilahti) e é cercado por floresta. Descendo a encosta há um lago onde é possível nadar (só precisa de coragem!) ou passear de canoa. Tudo muito bonitinho e bem pensado. Tudo para tornar os dias mais agradáveis e também fáceis por lá.  Chegamos pouco depois do horário do almoço no sábado. E um pouco antes do jogo da Inglaterra e da Suécia pela Copa do Mundo. 

O chalé é todo de madeira e bem qu…

Curiosidades da Finlândia

Imagem
A Finlândia é um país bem diferente do Brasil. E queria aproveitar o post de hoje apenas para listar algumas curiosidades que notei nestas minhas duas primeiras semanas aqui. É engracado como após um tempo morando no novo país, você se pega sem saber ao certo o que é realmente diferente daquele que era sua casa anteriormente.

Senti muito isso quando morei na Holanda e quando retornei de la. Sempre me perguntavam sobre as diferencas e curiosidades e após uns meses no novo país (ou de retorno ao Brasil), eu praticamente "dava branco". Nao conseguia lembrar das coisas que achava curiosas e interessantes que me tomaram toda a atencao nas primeiras semanas.

Entao já resolvi fazer este post logo de início e tentar nao perder esses olhos curiosos e perceptivos. No momento ainda nao tenho julgamento nenhum (e nem procuro ter) de se essas diferencas sao boas ou ruins. Se aprovo ou nao. Sim, algumas coisas já considerei super positivas e gostaria de poder agregar à minha rotina mesmo …

A grande revira volta

Imagem
A vida deu uma revira volta incrível nos últimos tempos. Fui de comissária de bordo da Avianca a agente full time da HBN e mulher de finlandês. E tudo aconteceu muito rápido.

Quando iniciei minha vida de comissária, nao imaginava que pouco menos de dois anos depois estaria em outro país repensando todo meu caminho e minha carreira e ainda mais casada. Tudo muito surreal. Cheguei a pouco mais de uma semana aqui na Finlândia e a vida já está numa correria só. E apesar de extremamente deliciosa essa nova aventura, nao tem sido fácil. Eu sei, é um clichê. Mas é a mais pura verdade. Sempre me considerei flexível e adaptável, animada e ativa, desbravadora e alegre. Mas também sempre fui tímida, envergonhada. Especialmente em situacoes novas e diferentes. Adoro explorar o que nao me é familiar... mas também me enche de medo, um medo tao grande que chega a doer o estomago e as bochechas. 

Minha nova vida aqui será muito diferente. E apesar de já ter pensado muito nisso anterior (antes de tomar …

Em Instrução!

Imagem
Alguns dias após a formatura, em 27 de setembro de 2016, realizei meu primeiro voo compondo tripulação. Estava finalmente em instrução. Meu voo decolava as 6h10 da manhã de Guarulhos, para Salvador, Recife e por fim, parando em Petrolina. Onde teria meu primeiro pernoite
Para decolar este horário, minha apresentação no aeroporto é uma hora antes. Então acordei super cedo, levei um século para me arrumar e fui para Guarulhos. Minha instrutora era M.A., responsável por me explicar tudo sobre todas as posições que exercemos na aeronave. Era tudo muito novidade, parecia quase outro idioma. Muita coisa para lembrar e realizar ao mesmo tempo. E com agilidade, que obviamente em meu primeiro voo ainda me faltava. 
No primeiro dia de voo, fui na posição de 1R ( 1 Romeu), sentando-me ao lado da instrutora. Eu era responsável pela porta 1R e por auxiliar a chefe de equipe em todo necessário. 
 Após 4 etapas de voo, chegamos em Petrolina pouco antes das 15h (BRT). Estava muito quente e eu bast…

Formatura!

Imagem
22 de setembro de 2016! São Paulo. Um dia de sol e muita animação. Era engraçado pensar que teríamos uma formatura, com celebração, discursos, música, fotos no telão e comidas e bebidas. Haviam sido apenas 2 meses de treinamento. Intenso, claro. 
Durante todo o treinamento achei a ideia de ter uma formatura da turma de comissários muito estranha. Quase boba. Mas mais ao final do treinamento e nos dias que antecederam a data, comecei a entender o que realmente está formatura queria dizer. Eu agora era Avianca, a formatura embebia minha pele e mente na empresa e agora, eu realmente me sentia Avianca. Fazia parte. E não apenas era uma funcionária a mais. Me receberam com festa, carinho, alegria e celebração. Meu coração virou vermelhor de vez! 
Eu podia convidar uma pessoa para estar comigo neste dia. Logo de cara convidei meu namorado, pois além de ser mega importante para mim sua presenção, não queria escolher entre pai e mãe. Então lembrei que seria numa quinta-feira... o que o imposs…

Provas, nervosismo e check!

BUma parte muito importante do treinamento para a Avianca foram as provas. Desde as primeiras disciplinas, tivemos provas com nota mínima pra aprovação e intensas horas de estudo. Eram provas quase todos os dias ( ok quaaaase). E muita cobrança. Eu já me cobro demais por natureza, quero sempre fazer o melhor e nunca consigo. Então, especialmente nos primeiros dias, eu vivia tensa.

Era acordar às 5h30, demorar um século para fazer um coque e maquiagem e caminhar para encontrar meus colegas. Toda prova que iria ter me dava um frio na barriga absurdo. Eu, que antigamente era a tranquilidade em pessoa ao fazer qualquer prova. 
Tudo em preparação para a grande prova final, o famoso "check". Após todo o treinamento, temos uma avaliação oral no ambiente de trabalho ( aeronave) onde um checador credenciado pela ANAC nos faz perguntas diversas sobre tudo que aprendemos. Neste momento, temos liberdade de mostrar todo nosso conhecimento. Sinceramente apesar de estressante toda a prepar…

Quando que vai cair a ficha?

Imagem
Ok. Muitos já devem ter lido sobre meu novo emprego, toda minha alegria e tudo que tem Eu realmente sou hoje uma comissária de bordo. Eu! acontecido. Mas ainda não caiu a minha ficha.

Foi tanto tempo sonhando com isso que hoje ainda não parece real. Pode parecer idiota, mas ainda não parece que eu realmente cheguei até aqui. Se há tão pouco tempo ( agora parece que passou voando!) eu estava em uma sala de aula no curso pensando se talvez algum dia isso viria a acontecer. E não é fácil. Muitas vezes, em momentos de insegurança, eu pensava "mas tem tanta gente tentando. Tanta gente boa... porque eu, Justo eu, vou conseguir?" E logo pensava que alguém tem que conseguir. E porque não... eu? Chega a ser engraçado, essa dualidade de pensamentos. O tempo todo.
E é verdade que ainda, quando coloco o uniforme, sinto algo crescer dentro de mim que me dá forças para vencer as barreiras que podem aparecer. E aí eu viro comissária. Uma amiga comentou comigo há algumas semanas que era ai…