19 de abril de 2012

Pré- Aniversário

Olá a todos os caçadores!!!

Primeiro, acho que nem preciso comentar que estou super atarefada e ocupada, sem ter muito tempo para escrever por aqui. E já tenho quase 26 anos completos e muitas vezes isto não me parece real. Lembro de quando tinha uns 7 anos e pensava que tudo ainda estava tão longe. Que chegar a ter 15 ou 16 anos ainda levaria uma eternidade. Hoje acho engraçado, afinal hoje para que para 32 ou 33 anos não falta quase nada!

Sou grata por viver em uma época onde não tenho destino certo e onde não devo seguir dado caminho, mas posso fazer meu próprio. Mas de certa forma, a pressão da sociedade sobre o nosso sucesso exerce a mesma força.

Festinha da Irisje em 2010
Amanhã é meu aniversário... e várias pessoas (assim espero!!!) irão me parabenizar. Mas eu ainda penso que acima de me dar os parabéns, deveriam antes parabenizar meus pais, que me criaram. Afinal, se me felicitam por mais um ano de vida e sucesso, o mérito não é só meu. E na Holanda, eles fazem justamente isso (ou um versão que me lembrava disso). Quando chegamos a uma festa (de aniversário) somos cumprimentados por todos com "parabéns" e também cumprimentamos a todos da mesma forma. O que chega a ser engraçado , para não dizer esquisito. As vezes eu acompanhava alguma amiga a uma festinha e até a mim as pessoas parabenizavam pelo aniversariante (que eu nem conhecia)!!!

Como não sentir falta disso?
Outra coisa em minha mente esses dias é que meu Morris, o menino holandês que eu cuidei, fez 6 aninhos ontem. É!!! Vai começar pra ela a época de alfabetização logo logo. E quando eu estava lá ele tinha 3 aninhos (fez quatro um mês antes de eu ir embora). E nos divertiamos horrores juntos. Será que ele se lembra de mim ? Morro de medo de que ele não lembrer, ou que a cada aniversário lembre menos e menos.
Naquele último dia na praia, que até fiz um post com fotos; eu fiz um videozinho para meus holandesinhos. E quero fazer outro amanhã, para que eles vejam como comemoramos nossos aniversários por aqui. E também vou enviar a" caixa de Natal" que eu e minha mãe fizemos para eles... ok... O Natal já veio e foi e os presentes ficaram...

E fico imaginando quando vou vê-los de novo. E fico triste por não ter ligado para eles quando fizerem aniversário... trabalhar bastante e ter um fuso horário diferente não dá certo! Especialmente se o contato que você quer ter é com crianças... Prometo escrever contando como foi a reunião do meu niver e postar mais fotos. Mas por enquanto é só isso... ando muito ocupada, sem tempo e também cansada. E ainda estou chateada com tudo, meio que brigando comigo mesma por estar assim...
Bom, até daqui a pouco... quando eu voltar, terei já 26 aninhos de vida...

[Continue reading...]

2 de abril de 2012

Só por causa da minha blusa!

Ontem aconteceu  algo bastante bizarro... e divertido também. Fui com meu pai ao Banco do Brasil tentar regularizar minha conta corrente. Eu não tinha muito tempo, mais da metade da minha hora do almoço já tinha passado e eu precisava voltar logo.

Dois atendentes se dividiam com uma pequena fila de pessoas e lhes davam senhas e as dirigiam para o local correto, o gerente correto. Um dos atendentes roubou minha atenção na hora. Era jovem, alto e usava um estilo de cabelo que nunca havia visto antes! E perdoem-me por dizer.... horrível! Esyava repartido no meio dividindo a parte de trás e da frente, a de trás estava livre e solta formando cachos. Na parte da frente tinha tanto gel, mas tanto que parecia duro... e esta prte também estava partida ao meio, tudo penteado para a frente, formando um ninho na testa... levantado. Sim , isso mesmo! E eu ficava pensando se conseguiria tirar uma foto. Não tive coragem!

Neste meio tempo chegou minha vez de ser atendida e fui chamado pelo senhor ao lado do moço de cabelo bizarro. Era um senhor pouco mais velho que meu pai, meio careca de olhos azuis bem simpáticos. Ele logo reparou na minha blusa, dos Beatles (minha banda favorita) e ficou surpreso que eu seja louca por Beatles mesmo sem ter vivido na mesma época que eles.  O senhor começou a conversar conosco e disse que dois anos atrás, em uma de suas visitas a Londres, ele resolveu que iria também ( e pela primeira vez) a Liverpool. Me disse que curtiu muito e eu pude contar um pouquinho como foi minha própria viagem para lá...

E nisso a fila crescendo, e eu olhando delicadamente para a fila atrás de mim. O garoto de cabelo estranho totalmente alheio , em seu mundo. E o senhor a minha frente vendo o problema do meu cartão lentamente, conversando enquanto isso.
Ele sorriu e disse:
"Eles que esperem!Isso não acontece todo dia!!!E normalmente quem faz o trabalho todo aqui sou eu! "
 Ele tinha razão nisto. Claro que não precisava deixar ninguém esperando, mas o rapaz do cabelo estranho parecia também deixar todo o trabalho pra ele. E ele conversava comigo, falava de Beatles, mexia no sistema com as minhas informações e ainda garantia a fila que logo os iria atender. Tudo ao mesmo tempo! E foi por causa da minha blusa que a fila cresceu horrores! E nem decotada era!!! HAHAHA
No fim, ele me deu as informações que eu precisava e tivamos uns bons minutos de conversa sobre Beatles. Eu saí de lá achando tudo muito engraçado... não é mesmo que algo assim acontece...
[Continue reading...]
Designed By Yasmin Mello | 365 dias