14 de junho de 2012

Filho de peixe...

Share it Please

Eu, um norueguês gigante e meu pai

Peixinho é? Sinceramente, eu tenho minhas dúvidas! Tá certo, não posso negar! Eu e meu pai nos parecemos muito. Sempre fui a cara do pai. Seus olhos, um pouco de seu cabelo, suas feições, seu gênio e temperamento, seus gostos. E nunca consegui esconder isso de ninguém... e muitas vezes ouvi minha mãe dizer a mim "Fernãozinha"... é, vocês sabe... Filha do Fernão. Será que somos mesmo tão parecidos assim?

Bom, acho que tenho a resposta. Nem tanto... tem coisas que eu não herdei. E parece que ninguém mais entende e ou vê isso! Eu sempre me orgulhei de sermos parecidos, temos o mesmo gênio, gostos e jeito. Mas enquanto ele é expert em informática, eu segui o caminho das humanas, me formando em Relações Internacionais. Ele é prático, suas respostas são objetivas e ele gosta das coisas as claras. Eu também, mas sou mais humana, mais dócil e romântica com a vida, amo viajar, estudar pessoas, lugares e características. Enquanto ele ama números e coisas mais palpáveis. Eu gosto das intenções, do caminho. E ele dos resultados.

Ele resolve os problemas, acha soluções. E eu pergunto de onde os problemas surgiram e porque.

Foi com uma ajudinha de meu pai que arrumei meu atual emprego. Ele levou meu currículo à empresa e eles me chamaram para uma prova e entrevista. Tive bons resultados e fizeram uma proposta que parecia interessante. Trabalho como compradora de provisões a serem fornecidas a navios cargueiros estrangeiros (logo isso vai mudar e meu departamento será outro, mas fica pra próxima), lido com números, com dados e resultados. Não lido com pessoas infelizmente. Mas creio ser boa no que faço. Meu pai presta serviço de técnico em informática todos os sábados nesta mesma empresa, e resolve todos os problemas que eles tem com o servidos, sistema, internet e computador.

Mas ele não está lá dia de semana. E as vezes os problemas resolvem aparecer no horário comercial... e não há ninguém para saná-los. Ou há? Parece aos meus colegas que sim... a eles parece que por ser filha de quem sou, devo ser outro gênio da informática! Pois bem... erraram feio. Claro que consigo fuçar no computador até conseguir resolver meus próprios problemas... mas só isso. E sou demorada. Não é comigo. Talvez se o computador pudesse falar, eu perguntaria :
"Mas onde dói? O que houve? Você não quer entrar na internet? Brigaram?"

 Acho que assim conseguiria resultados melhores. Do que passar horas fuçando no google e em todas as pastas e espaços do meu computador. Meu pai é que olha rapidinho e descobre o que está errado. E meu namorado, ele também tem esse dom. Mas ele não trabalha lá. E eu sim.
"Nadja, estou com um problema no meu computador... eu pensei que por ser filha do Fernão..."

E perdi a conta de quantas vezes a MESMA pessoa me diz isso. E não só ela... outras também, repetidas vezes. Acho que saquei. Cheguei em casa e corri para o namorado "Hoje eu quero que você me ensine a mapear a rede" Da próxima vez estarei pronta.
Ah, mas nem é só isso ... já ouvi também... "Jura que você é filha dele? Jurava que era a Fulana, pois ela entende bem de informática." E isso lá é prova de paternidade? Quase fiquei ofendida, o pai é MEU.

Você são parecidos com seus pais em que? Fisicamente? Jeito? Gostam? Cara de um focinho de outro? Acho que vou gostar de saber... hehehe

Beijos a todos e não esqueçam de comentar!!!


7 comentários:

  1. Olá Nadja, eu curti seu desabafo. Ainda estou pensando numa resposta para sua pergunta.
    Imaginei a raiva "Nadja, estou com um problema no meu computador... eu pensei que por ser filha do Fernão...", e até uma pessoa te perguntando rs

    beijinhos, saudades
    Michele Bueno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha!!! Você lembra né? Saudades suas viu!!! Que tem feito?
      Beijos

      Excluir
  2. sou parecida com meu pai no gosto por viagens e mitologia, os traços do rosto (só não herdei os olhos azuis :(((( ! ) hahaha. beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto por viagens eu herdei da minha mãe. Meu pai não curte muito sair de casa... gosta mais da estrada do que dos dias que passamos viajando hehehe!

      Excluir
  3. Sou igual ao meu velho em muita coisa. Genetica eh algo incrivel,ne?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, tem um poder que não podemos ignorar!!

      Excluir
  4. Hahahahah, acontece comigo também, meu pai é mecânico. Sou muito parecida com minha mãe fisicamente, mas na personalidade eu herdei muito do meu pai, tanto que me dou bem melhor com ele, minha mãe é um stress!! Mas acho realmente incrivel herdarmos traços dos nossos pais nos nossos jeitos e gostos e não apenas na aparencia!

    ResponderExcluir

Procurando uma esmeralda? Que tal aqui?

Designed By Yasmin Mello | 365 dias