Curiosidades da Finlândia

A Finlândia é um país bem diferente do Brasil. E queria aproveitar o post de hoje apenas para listar algumas curiosidades que notei nestas minhas duas primeiras semanas aqui. É engracado como após um tempo morando no novo país, você se pega sem saber ao certo o que é realmente diferente daquele que era sua casa anteriormente.

Senti muito isso quando morei na Holanda e quando retornei de la. Sempre me perguntavam sobre as diferencas e curiosidades e após uns meses no novo país (ou de retorno ao Brasil), eu praticamente "dava branco". Nao conseguia lembrar das coisas que achava curiosas e interessantes que me tomaram toda a atencao nas primeiras semanas.

Entao já resolvi fazer este post logo de início e tentar nao perder esses olhos curiosos e perceptivos. No momento ainda nao tenho julgamento nenhum (e nem procuro ter) de se essas diferencas sao boas ou ruins. Se aprovo ou nao. Sim, algumas coisas já considerei super positivas e gostaria de poder agregar à minha rotina mesmo que eu vá para outro local no futuro. Outras sao apenas diferentes, curiosas e claro, para mim... extremamente interessantes de observar.


Vamos lá!

1- Sauna em casa! Aqui muitos apartamentos, por menores que possam ser, tem uma sauna. Sim, uma sauna dentro da sua casa, só para você e sua família. E os apartamentos que nao possuem sauna, normalmente (todos que vi até o momento) o prédio possui uma sauna que sua família pode agendar horários semanalmente para uso.

2- Pessoas estranhas com acesso à sua casa! Outro dia recebemos um comunicado de que eletricistas viriam olhar algo aqui no apartamento. Eu tinha planos de sair e fiquei um pouco chateada de ter que ficar em casa dois dias aguardando um eletricista que eu nem sabia quando viria exatamente. Entao, meu noivo me disse que nao tinha problema eu nao estar em casa, pois eles tinham a chave, entrariam, verificariam o que tinha para verificar e iriam embora. Fiquei chocada! Sem ninguém dentro? E depois ainda me disse que desde que eu vim pra cá, já tinham ido lá em casa quando nao tinha ninguém uma vez!!!! E nada foi tirado do lugar... (nem o dinheiro que eu deixei em cima da mesa porque obviamente nao imaginava que vinha alguém em casa...)

3- Diversos bichinhos andando pela rua! Ouricos, lebres, esquilos. Em todos os lugares. No meio da rua, nos parques, no meio das pessoas. Eu fico toda boba assim que os vejo, quero tirar fotos, chegar pertinho, mando até beijo. As pessoas no geral os tratam como parte do ambiente, estao ali, fazem parte da nossa vida diária.

Fonte: google
4- Escorredor de prato no armário em cima da pia! Ah, isso aqui eu amei! E sim, algumas pessoas me falaram que já viram isso no Brasil e em outros lugares. Mas eu nunca tinha visto. Achei super prático. A louca fica dentro de um armário (e normalmente tem várias prateleiras-escorredor), e muitas pessoas já organizam suas coisas neste armário mesmo. Uma coisa também que inicialmente me deixou louca é que aqui no geral nao se usa esponja para lavar a louca. Muitas casas tem maquina de lavar louca e quando nao tem eles usam uma escovinha num cabo mesmo. Entao, logo que eu cheguei, minha amiga me presenteou com uma esponja para facilitar minha vida! Melhor presente EVER, acreditem ou nao!

5- As pessoas nao levam o convidado à porta para despedida. Isso ainda vou me acostumar. É uma daquelas coisas diferentes, que eu sempre fico morrendo de vergonha. Eu, sempre envergonhada, nao gosto de sair fazendo as coisas na casa dos outros. Muito menos abrindo portas, entrar ou sair da casa. Mas aqui isso é mais comum. Pelo pouco de reparei, finlandeses sao mais tranquilos e nao tem tanta "pompa" que nem a gente. No Brasil, a pessoa te recebe na porta e te leva até a porta para dizer tchau. Muita vezes a pessoa espera até o elevador chegar antes de fechar a porta. Já ouvi ouvi uma ou outra pessoa aqui comentar como temos formalidades no Brasil, sem julgamentos. É aquela conversa de ultima hora, a despedida eterna a que estamos acostumados. Aqui é bem diferente, algumas vezes chegamos na casa de alguém e a porta estava aberta para entrarmos, mas os moradores ou estavam na cozinha, no quarto, na varanda. E cabe a gente entrar, tirar casaco, sapato, guardar as coisas e encontrar o resto do povo. Na hora de embora mesma coisa. Cada um continua o que estava fazendo e você se dirige à porta, se arruma e vai embora. Todo mundo feliz. Mas ainda quando vou à casa de algum brasileiro, nossos costumes prevalecem ( e eu acho que continuarei fazendo o mesmo).

6 - Pagar primeiro em quase todos os restaurantes. Muitos lugares por aqui (nao apenas o típico fast food), você paga primeiro e depois retira sua comida. Eu sempre fico um pouco sem jeito, acabo nunca indo comprar uma sobremesa depois de comer, só para nao ter que incomodar novamente e ir lá pagar novamente e pedir novamente. Item por item. Pois também nunca sei o que eu vou querer (se vou mesmo querer sobremesa ou mais um café) assim que eu chego para o almoco ou jantar. Mas depois de três semanas fazendo isso sempre, quase esqueci de pagar um restaurante que nao funcionava desta forma!


Sao coisinhas pequenas do dia a dia que por enquanto ainda me sao bem diferentes. E tenho certeza de que em breve a lista irá aumentar e que minha vida será permeada por costumes adquiridos e outros vindo de casa.

Até a próxima! 

Comentários

  1. Que legaaaaal! Bichinhos, mal posso esperar. *-*
    Fala sobre alimentação, comidas típicas. Vegetariano sobrevive? Hahahaha

    ResponderExcluir
  2. Adorei saber dessas diferenças. Continue nos contando mais. Bjs

    Naiara

    ResponderExcluir
  3. auhauhauha que demais !!!! também já morei fora e também perdi as memórias dos impactos das primeiras semanas por não compartilhar... acho que a gente perde até o peso do quanto quilo é valioso comparado a nossa realidade no país anterior. E isso acontece quando vamos e quando voltamos, exatamente como vc disse....
    Que demais, Nadja, me fez pensar em diversas coisas que deixei no caminho dos lugares que conheci.... vou aderir, rsss

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Procurando uma esmeralda? Que tal aqui?

Postagens mais visitadas deste blog

O Processo de seleção da Avianca

Trago seu amor em 7 dias...