14 de outubro de 2008

Pesquise e informe-se!

Share it Please

Olá a todos! Primeiro quero muito agradecer a todos que fizeram comentários opinando sobre o post ou mesmo apenas desejando um bom dia! Adorei tudo, cada comentário me faz sentir muito bem e que vale a pena dedicar um pouquinho do meu tempo para compartilhar meus pensamentos com vocês.

Ser au pair não foi uma decisão fácil de ser tomada. Antes de me inscrever em quaqluer site e sair procurando por famílias que pudesse me receber, pesquisei muito e me informei com diversas pessoas que já encararam esse desafio. Pois, sim... todas me disseram : É um desafio!
Claro que como ainda não fui, estou cheia de expectativas e mesmo que esteja me preparando emocionalmente para todas as situações possíveis, creio que vou me surpreender muito durante o ano em que estiver por lá.

No ano passado conheci a Valquíria, uma brasileira mariliense muito simpática e alto astral, que logo após terminar a faculdade arrumou suas coisas e foi ser au pair na Alemanha. De posse de seu carisma e coragem, foi aventurar-se na terra da batata para melhorar seu alemão( idioma que ela já estudava há alguns anos). Conversamos muito e ela mostrou-se muito solitica tanto às minhas expectativas e aos meus medos. Contou-me suas experiencias, tanto as boas como as ruins . Contou-me sobre as viagens, mostrou-me fotos e me apoiou a continuar pesquisando e principalmente, não me precipitar ao escolher uma família; existem muitas famílias, espere até encontrar aquela com que você mais se identifica!

Ela me indicou os melhores sites e também me alertou a fazer todas as perguntas possíveis. Nesses momentos, temos de ser maduras e não ter vergonha de perguntar algo que está encasquetado no fundo da nossa mente. Não podemos esperar pra ver, ou acreditar que são maravilhosos e somos parecidos. Tomar a iniciativa de perguntar ou falar algo pode ser complicado, ainda mais se é algo que começa a te incomodar quando você já está trabalhando com a família. Como chegar nos pais e expor algum incômodo seu? Como entrar em assuntos delicados como moradia, dinheiro e mesada e até os limites que pode-se se impôr às crianças?
E a Valquíria me aconselhou a tratar de tudo antes de embarcar nesta viagem. E está certa, melhor não correr riscos.

Após ter conhecido a Valquíria meu mundo parecia ter sido aberto para as au pairs... Tive oportunidades de conversar com uma conhecida, Fernanda, que foi au pair nos Estados Unidos. Ela também me abriu os olhos para muitas coisas, inclusive para o quanto nos apegamos facilmente às crianças, o que torna ainda mais difícil caso haja algum problema a ser tratado com os pais. Nossa! Eu sei como eu sou bobona com crianças... quando trabalhava como assistente de professora de maternal no Marza, em Santos, todas me cativaram e creio ter cativado a todas também. Até hoje , de vez em quando, ainda sonho com elas... e faz uma falta grande aquela alegria de todo dia!

Logo que comecei a considerar uma família dentre tantas com as quais eu estava conversando, a família me apresentou a Ana, uma moça brasileira de Belho Horizonte, que era a au pair deles no momento. Ela me contou mais sobre eles, sobre sua experiencia na Europa em geral e me deixou bastante animada. Através dela, conheci a Erika, au pair para a mesma família após o retorno da Ana ao Brasil. A eola agradeço tudo que tenho aprendido antes de ir e até as dicas! Foi muito bom ter sido apresentada a ela e à Ana.

Essa atitude da família, em me apresentar as moças que estava lá vivendo o dia a dia de uma au pair, convivendo com a família todos os dias e cuidando das crianças, me encorajou bastante. Desde o começo, todas elas me deixaram bem a vontade para que perguntasse o que quisesse, para que tirasse minhas dúvidas e se prontificaram a me auxiliar. Tive muita sorte e também, procurar por informações , referencias e conversar bastante com a família antes de ir me ajuda muito, principalmente porque me sinto mais confiante de que vou poder expor meus medos, minhas dúvidas e os problemas a eles. Que preciso ter a coragem de falar. Sinto-me melhor.

E desde que entrei para o mundo dos blogs, conheci uma au pair na Noruega, a Tata. Foi ótimo conhecê-la, principalmente por também ter optado por ir sem uma agência, ir por conta própria mesmo, só com o auxílio dos consulados.

Caso você esteja interessado em fazer qualquer coisa no exterior, informe-se!!! existe muita gente por aí que pode te ajudar bastante a fazer tudo certinho ^^
E as oportunidades serão ótimas! Conhecer gente de todas os lugares, uma culturea diferente! Por isso: mente aberta e muita coragem ^^




OBS .: As fotos desta postagens são apenas ilustrativas " au pair com nenê" e " encontro de au pairs em Amsterdam"

10 comentários:

  1. Posso contar com vc na blogagem? Se sim, me confirma lá no blog e pegue o selinho e coloca aqui.

    Bom dia!!!

    ResponderExcluir
  2. Nadja primeiro com o Maus copie o selo. Ele vai cair em alguma pasta no seu pc, onde vc aloja as fotos.

    no seu blog, abra " Layout" e clica em: Adicionar um "Gadget" Ele vai te abrir uma janela com muitas possibilidades. Clica em : Imagem. É aquela que tem uma árvore.

    Ali onde está escrito: Imagem do seu computador, entao clica ali que ele vai te abrir o seu arquivo de fotos, no arquivo localize o selo clica na foto e depois em adicionar, eu nao sei qual é a palavra que vc tem em seu pc, pois o meu é em alemao.

    Depois em salvar para ele salvar e fechar essa janela de imagem. Depois tem que clicar novamente em salvar porque um novo gadget foi colocado, senao a imagem nao é salva. E pronto vai aparecer na lateral do seu blog. Me avise quando vc conseguir e qqr dúvida pode perguntar.

    beijao

    ResponderExcluir
  3. Menian, vc é uma aluna bem aplicada e eu um ótima professora, hahahhahahahah!!!

    Ficou ótimo.

    Em qual cidade vc está?

    Me responde por email: saiajusta4@gmail.com

    Beijao

    ResponderExcluir
  4. Oi Nadja, obrigada pela visita no meu blog. Apareca sempre. vim lhe visitar e gostei daqui. Boa sorte pra vc no novo trabalho. Bj

    ResponderExcluir
  5. Oi, bom dia!!!

    Olha, vim te avisar que todos os participantes da blogagem Adocao, estao em novo blog criado para este assunto. Por favor, verifique se seu link está abrindo direitinho. Por favor, traga o selo também para cá, nos ajude a divulgar esse assunto super importante.
    http://blog-blogagem.blogspot.com/

    Te desejo um ótimo dia.

    Abracos

    ResponderExcluir
  6. Oi Nadja, deve ser muito interessante mesmo conhecer outra cultura e pessoas diferente, uma oportunidade maravilhosa... mas todo cuidado é pouco quando queremos dar essa guinada... É muito importante mesmo se informar antes... Bjoka ;)

    ResponderExcluir
  7. Oi Linda,

    Voltei a visistar os meus blogs preferidos...hehehhee

    Nosssa, nunca pensei em tudo isso.....tem que pensar em muita coisa neh?

    Beijos e fiquem com Deus

    Barbrinha

    ResponderExcluir
  8. É isso mesmo Nadja, qualquer projeto de vida que você queira realizar, o primeiro passo é justamente esse: a coleta de informações. Só assim mesmo pra saber se é realmente o que você quer e tudo mais. Parabéns pela sua iniciativa e pró-atividade! Tomara que a experiência corresponda às suas expectativas.
    Bjos"

    ResponderExcluir
  9. Nadz, é ótimo saber que muitas pessoas te deram dicas e informações, apoio em muitas coisas e que seu trajeto e caminho que vai seguir daqui pra frente está se solidificando cada vez mais.
    Mas realmente, muitas coisas precisam ser esclarecidas, afinal, não se trata apénas de um emprego, mas de vidas além da sua e de uma cultura que aos poucos se tornará sua também.
    Tenho certeza de que tudo dará certo pra ti. Te amo, Nadaz!

    ResponderExcluir
  10. Nadja esse post é mt legal ! Amei *--------*
    Se informar é mesmo muito impoortante antes de embarcar nessa aventura em outro pais.

    ResponderExcluir

Procurando uma esmeralda? Que tal aqui?

Designed By Yasmin Mello | 365 dias